Transforme sua compra em Doação

Grão da Vida fecha parceria com O Polen, uma plataforma que transforma sua compra em doação. Saiba Mais

Sobre nossa escola

“Na instituição de educação infantil, pode-se oferecer às crianças condições para as aprendizagens que ocorrem nas brincadeiras e aquelas advindas de situações pedagógicas intencionais ou aprendizagens orientadas pelos adultos... Saiba Mais

Projeto Pedagógico

Este documento visa aprofundar algumas concepções e formas de organização presentes nos Referenciais Nacionais de Educação Infantil, situar algumas propostas e descartar outras... Saiba Mais

XI Congresso SOBEI

Grão da Vida tem participação brilhante em Congresso da SOBEI... Saiba Mais

Na creche, o que fazer na hora do choro?

Pode não parecer, mas a vida de uma criança até 3 anos tem uma porção de desafios e uma boa dose de estresse! Sem contar com a fala bem desenvolvida, os pequenos não têm muitas opções além das lágrimas, que podem acompanhar chorinhos sofridos ou mesmo choradeiras de assustar a vizinhança... Saiba Mais

O Grão da Vida

História

         No ano de 1986 um grupo de cinquenta pessoas, formado por donas de casa, profissionais liberais e estudantes reunia-se semanalmente para estudar o Evangelho. Pensando em colocar em prática muito dos conceitos que discutiam para melhorar a vida das outras pessoas, o grupo decidiu que já era hora de realizar um trabalho social mais intenso e pôs as "mãos na massa". Com dinheiro do próprio bolso e doações de amigos, seus associados alugaram uma casa na Rua Capimirim, 152, no Brooklin Paulista, e ali abriram uma creche para atender 25 crianças, numa operação-relâmpago.

“Não levou mais de um mês", conta Waldyr Pilli, economista e conselheiro da ONG, naquela época.

Batizada inicialmente como Grupo Assistencial Nair Bozzi a instituição teve sua razão social alterada para Grão da Vida, objetivando o desenvolvimento e ampliação de suas atividades.

         No ano de 1996 a instituição foi convidada pela Secretaria de Assistência Social do Município de São Paulo para firmar convênio e assumir um Centro de Educação Infantil em um prédio construído pela administração pública, especialmente para o atendimento de 160 crianças.

Os anos seguintes foram de profundo aprendizado tendo em vista o aumento do número de atendidos e a elevação da complexidade do trabalho realizado, em uma instituição bem maior do que a inaugural.

         Em 2006 houve a reestruturação do projeto pedagógico, onde a nova proposta passa a enfatizar a CULTURA DA INFÂNCIA. O parque torna-se uma grande sala de aula, coletiva, onde diferentes faixas etárias convivem, junto às educadoras. As propostas oferecidas promovem diferentes tipos de aprendizagem, assim como a liberdade de escolha e autonomia. A partir de então as crianças ficaram mais tranquilas, o número de conflitos interpessoais diminuiu. Notou-se também uma maior disposição por parte das crianças em participar de atividades propostas pelas educadoras (atividades formais de aprendizagem). 

De uma maneira articulada, vimos que a essência do projeto pedagógico estava migrando para a gestão do projeto. Os profissionais passaram, aos poucos, a se engajar de forma muito viva e participativa, desenvolvendo o que havia sido proposto e contribuindo com a própria experiência profissional.

A Formação Continuada em Serviço possibilita e possibilitou a construção de um grupo de trabalho, pois é um espaço de muita troca e aprendizagem para todos. Com o passar dos anos as práticas modificadas foram sistematizadas em um modelo pedagógico e institucional aberto.

         Em 2013 a Secretaria de Educação novamente convida o Grão da Vida a assumir um novo Centro de Educação Infantil com capacidade para atendimento de 150 crianças. Um novo desafio estava lançado: como implementar um modelo que considerávamos satisfatório? Seria possível?

Pensamos que a chave para o sucesso da implementação do projeto em uma outra escola estava na gestão. Sendo assim, selecionamos profissionais da equipe do CEI Manoel Bispo dos Santos que se identificassem de maneira profunda com o que vinhamos realizando.
Uma diretora, uma coordenadora pedagógica e uma coordenadora de projetos que faria a orientação e coordenação para a implementação.
Com esta organização poderíamos verificar se nossos anos de trabalho e formação teriam conseguido construir uma equipe com autonomia e conhecimento suficiente para realizar tal empreitada, evitando assim cultos a personalidade da primeira orientadora e centralização de conhecimento.
       Ao final do primeiro ano de implementação os resultados de sucesso são nítidos, as crianças respondem a esta nova forma de organização do cotidiano de maneira imediata, os mesmos resultados alcançados no CEI Manoel Bispo dos Santos tornaram a se repetir: diminuição dos conflitos interpessoais, maior disposição por parte das crianças a participarem de atividades formais de aprendizagem.
       Nossa maior preocupação ao crescer era a de perder a qualidade alcançada na primeira Unidade (CEI Manoel Bispo dos Santos) e isto não ocorreu, ao contrário, a cultura construída se mostrou forte o suficiente para ser "espalhada". Sentimos a força da contaminação em um sentido positivo.

E isto nos anima!

Segundo o pesquisador James Heckman¹ crianças que frequentam o equivalente a creches (0 a 3 anos de idade) e pré-escolas (de 4 a 6 anos) apresentaram na idade adulta renda mais alta e probabilidades mais baixas de prisão, de gravidez precoce e de depender de programas de transferência de renda do Estado no futuro. Heckman ainda afirma que a educação na primeira infância constitui provavelmente o melhor investimento social existente e quanto mais baixa for a idade do investimento educacional recebido mais alto é o retorno recebido pelo indivíduo e pela sociedade". 

¹ James Heckman participou do seminário "Educação na primeira Infância", realizado pela Fundação Getúlio Vargas em 2000. Suas pesquisas tem como tema a importância da Educação na Primeira Infância.

Nossos Projetos

 

CEI Marina Villares da Silva Novaes

Fomos convidados pela DRE de Capela do Socorro a assumir mais uma unidade escolar, o CEI Marina Villares Novaes. O convite veio ao encontro de um de nossos principais anseios: crescer. [saiba mais]

CEI Manoel Bispo dos Santos

Em 2006 chegamos no CEI Manoel Bispo dos Santos e iniciamos nossas propostas de mudança: as crianças foram convidadas a passar um maior tempo no parque (duas horas), aonde eram oferecidas propostas, ... [saiba mais]

Formação de Educadores

No ano de 2010 fomos convidados a participar do Quarto Congresso de Educação infantil organizado pela SOBEI. Assim, além de organizar um projeto de Formação Continuada para nossas equipes, passamos a ... [saiba mais]

Projetos de Pesquisa

As creches conveniadas são instituições de educação infantil que atendem aproximadamente a 90% da população do município de São Paulo, na faixa etária de 0 a 4 anos. Após a experiência convivida, em u... [saiba mais]

Missão, Visão e Valores

Missão

Promover o desenvolvimento da primeiríssima infância por meio de um ambiente que favoreça a Liberdade, a Autonomia e a Ética.

Visão

Alcançar a sustentabilidade para que possa continuar ampliando o atendimento e promovendo o desenvolvimento das pessoas no meio em que atua.

Valores

Comprometimento Ético, Gestão Participativa, Transparência nas Ações e Valorização da autonomia e da Liberdade.

Governança

Presidente

Guilherme Figueiredo

Vice Presidente

Luiz Fernando Figueiredo

Diretora

Fernanda Heinz Figueiredo

Conselho Fiscal

Fabio Figueiredo
Fabio Figueiredo Filho
Roberto Silveira Figueiredo

Captação de Recursos

Camila Freitas Magalhães

Concepção e Orientação do Projeto Instutucional e Pedagógico

Vera Christina Figueiredo

Administrativo e Financeiro

Tânia Ly Gardel

Gestão Participativa

Samanta Veiga

Relatório anual

Conheça o Relatório Anual do Grão da Vida. O Grão da Vida reporta a amigos, parceiros e sociedade em geral as ações realizadas ao longo de cada ano por meio de um relatório. O texto está disponível na íntegra, para download. Para acessar um relatório, selecione abaixo.

Nossos Parceiros

O Grão da Vida estabelece parcerias com importantes instituições ou iniciativas alinhadas com a sua missão. Conheça os parceiros do Grão da Vida:

  • Maua Capital Investimentos
  • MSafra & Co. Gestora de Recursos
  • Enotec Engenharia
  • Natal do Bem
  • Transnova
  • Aberdeen Charitable Foundation
  • Clinderm Clínica Dermatológica
  • Rádio e Televisão Bandeirantes

Certificações

Certificado de Credenciamento Educacional
Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Registro nº 0384/1994)
Utilidade Pública Municipal
  • Certificado de Credenciamento Educacional
  • Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Registro nº 0384/1994)
  • Utilidade Pública Municipal

Acompanhe

Indique

Indique e compartilhe o site do Grão da Vida:


Destinatários:

Enviar